New York Times

10-01-2011 01:43

 

New York Times recomenda Guimarães

 

00h30m

Nuno Cerqueira

O "New York Times", prestigiado jornal norte americano, elegeu a cidade de Guimarães como um do destinos recomendados para 2011. Guimarães surge como um dos 41 locais do mundo "a não perder," definindo-a como uma das cidades emergentes da Península Ibérica.

"Uma série de acontecimentos recentes, como a eleição para Capital Europeia da Cultura 2012 e a reabilitação do centro histórico, que a tornaram património da UNESCO, ajudaram a transformar a cidade berço da juventude e um dos pontos quentes da península ibérica", afirmou Charly Wilder no artigo onde também são recomendados locais a visitar, onde comer e ficar, acompanhados ainda de roteiros, vídeos e fotografias da cidade de Afonso Henriques.

O jornalista destaca ainda o Centro Cultural Vila Flôr (CCVF). Segundo o artigo, este local "alimenta a música e arte" da cidade e descreve-o como "um centro cultural intelectual-contemporâneo que nasceu da recuperação de um palácio do século XVIII", salientando um dos eventos agendados para Março, o primeiro Festival Contemporâneo de Dança.

Na versão on-line do NYT é recomendado o "Solar do Arco" e "El Rei Dom Afonso" como locais para uma típica refeição, assim como os destinos a visitar passam pelo "Museu Alberto Sampaio", "Paço dos Duques de Bragança" e a "Igreja de S. Francisco", surgindo à cabeça a "Pousada de Santa Marinha da Costa" como local para dormir.

Guimarães surge no meio de destinos turísticos de 2011 tão variados como a ilha africana de Zanzibar, as montanhas do Kosovo, Budapeste, Miami, as ilhas de San Juan e Koh Samui na Tailândia, ou no meio das cidades cosmopolitas de Milão e Londres.

Fonte: Jornal de Noticias

Fonte: Jornal de Noticias